Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO ECONOMICO


Mercado de implementos acelera mais rápido no quadrimestre
10 de Maio de 2018 - 15:49 horas / Automotive Business

O mercado de implementos rodoviários está avançando em ritmo ainda mais acelerado do que as vendas de caminhões. Segundo dados divulgados pela associação dos fabricantes do segmento, a Anfir, no primeiro quadrimestre do ano os transportadores adquiriram 12.149 carretas (reboques e semirreboques), acumulando crescimento de 83,8% e 5,5 mil unidades acima do registrado em igual período de 2017. Já as implementações de carrocerias sobre chassis rígidos somaram 12.442 unidades, revelando alta de 41,1% na comparação com o ano passado.

 

No total, nos primeiros quatro meses do ano os fabricantes de implementos comercializaram 24.591 produtos, entre carretas e carrocerias, ou quase 10 mil unidades a mais em relação ao mesmo período de 2017, apurando crescimento de quase 60%.

 

“Esses números indicam que a retomada segue em seu curso e a indústria poderá recuperar uma parte de suas perdas acumuladas ainda este ano”, afirma Norberto Fabris, presidente da Anfir.

 

De acordo com levantamento da Anfir, os quatro anos sucessivos de quedas nas vendas de implementos reduziram o mercado nacional em cerca de dois terços na comparação com 2013, quando o volume chegou a 177.876 unidades. “Foram tempos muito difíceis e que estão sendo superados aos poucos”, comenta Fabris.

 

Segmentos

O avanço do segmento pesado (+83,8%), de reboques e semirreboques, está sendo puxado pelo igualmente vigoroso aumento das vendas de caminhões pesados (+98,7%), graças especialmente ao agronegócio. Entre os tipos mais vendidos de carretas estão os graneleiros (3.016, +95,6%), basculantes (2.075, +54,9%) e canavieiros (1.009, +69,3%).

 

No segmento de carrocerias sobre chassis, embora a variação positiva de 41,1% seja expressiva, o desempenho porcentual é de menos da metade do verificado nas vendas de carretas. “O reaquecimento lento da atividade econômica nos centros urbanos reduz a velocidade de recuperação do segmento leve”, analisa Mario Rinaldi, diretor executivo da Anfir.

 

O reaquecimento do mercado doméstico, no entanto, parece ter reduzido o apetite pelas exportações, que caíram 30,8% de janeiro a abril na comparação com os mesmos meses de 2017. Os fabricantes de implementos venderam para outros países apenas 639 carretas no quadrimestre.




NOVIDADES

NEWSLETTER

Receba nossas novidades!
   

ARQUIVOS












Maiores informações ou o esclarecimento de dúvidas poderão ser efetuadas através da

nossa página de contato ou pelo telefone
(11) 2632-1023

SETCESP • Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de São Paulo e Região

Rua Orlando Monteiro, nº 1 • CEP: 02121 021 • Vila Maria • São Paulo • SP
(11) 2632 - 1000 •
setcesp@setcesp.org.br