Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO ECONOMICO


Montadoras da região buscam ampliar mercados para exportação em 2016
18 de Janeiro de 2016 - 06:47 horas / G1 Vale do Paraíba e Região

Volks em Taubaté produziu ao menos 38 mil carros para o exterior em 2015. Já a Chery pretende iniciar suas vendas para fora do país neste ano.


Diante do cenário de crise econômica no país, as montadoras instaladas no Vale do Paraíba ampliam e buscam novos mercados para vendas de carros em 2016.


Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), em 2015 foram exportados cerca de 417 mil carros pelo Brasil e a tendência é de crescimento nas vendas de veículos para fora do país neste ano.


No cenário de exportação, a fábrica da Volkswagen em Taubaté tem papel importante para a empresa. A Volkswagen fechou 2015 como maior exportadora entre as montadoras com 124,9 mil carros vendidos para fora do país, sendo que ao menos 38 mil deles foram produzidos em Taubaté.


Ao todo, saíram da fábrica de Taubaté para exportação 22,4 mil unidades do Voyage e 16,5 mil Up!. Além deles, a unidade no Vale também produziu, em conjunto com a fábrica de São Bernardo do Campo, o Volkswagen Gol, que teve as vendas para o exterior na casa das 54 mil unidades.


Os carros produzidos pela fábrica de Taubaté da Volkswagen foram exportados para países como Uruguai, México, Peru e Argentina.


Segundo a Volkswagen, a expansão nas vendas de carros para fora do país foi motivada pela crise no mercado interno, em uma tentativa de manter o equilíbrio financeiro dos negócios da montadora.


Em 2015, a fábrica da Volkswagen em Taubaté adotou diversas medidas para adequar o volume de produção ao mercado. Além da suspensão do 3° turno de produção, a unidade adotou férias coletivas, suspensão temporária de contratos de trabalho e o Plano de Proteção ao Emprego do Governo Federal, que reduz jornada e salário dos trabalhadores.


Outra montadora que vai apostar em vendas para o mercado fora do país em 2016 é a Chery, chinesa instalada em Jacareí. A empresa, que iniciou a produção no Brasil em 2015, informou que deve iniciar a exportação de carros para o mercado da América Latina neste ano, embora ainda não tenha uma previsão de volume e nem de quando isso deve começar a ser feito.


Os modelos que os chineses tentarão exportar ainda não foram definidos, mas inicialmente devem ser o Celer, que já é produzido em Jacareí, e o New QQ, que começará a ser produzido em março na unidade do Vale.


Segundo a Chery, a medida não é motivada pela crise no mercado interno, já que a proposta da montadora já era essa desde que se instalou no Brasil.


A General Motors (GM) foi procurada pelo G1 para explicar a estratégia o cenário de exportações da empresa, mas não quis comentar.




NOVIDADES

NEWSLETTER

Receba nossas novidades!
   

ARQUIVOS












Maiores informações ou o esclarecimento de dúvidas poderão ser efetuadas através da

nossa página de contato ou pelo telefone
(11) 2632-1023

SETCESP • Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de São Paulo e Região

Rua Orlando Monteiro, nº 1 • CEP: 02121 021 • Vila Maria • São Paulo • SP
(11) 2632 - 1000 •
setcesp@setcesp.org.br