Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO ECONOMICO


Prefeitura pede estudos urbanísticos para modernizar região do Tietê
14 de Fevereiro de 2013 - 10:00 horas / G1

A Prefeitura de São Paulo busca propostas de urbanistas interessados em participar de estudos para criação do projeto Arco Tietê, um pacote de mudanças para modernização de uma área de 6.044 hectares às margens do Rio Tietê. O Arco Tietê será o núcleo central do projeto Arco do Futuro, promessa de campanha do prefeito Fernando Haddad (PT) para reorientar o desenvolvimento urbano da capital. No dia 7 de março, a Prefeitura deverá divulgar a relação de empresas e pessoas habilitadas que deverão se reunir com uma comissão da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SMDU) para detalhar e aprofundar as diretrizes do projeto. O Arco Tietê proposto fica entre as rodovias Dutra e a Anhanguera e abrange parte dos bairros às margens do Tietê - Vila Maria, Vila Guilherme, Santana, Tucuruvi, Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó, Brasilândia, Pirituba, Lapa, Sé e Mooca. Segundo a SMDU, o projeto Arco Tietê teve sua origem em uma manifestação de interesse da iniciativa privada (MIP) recebida pela administração anterior, de Gilberto Kassab (PSD). A gestão Haddad considerou importante o desenvolvimento desses estudos e ampliou seu perímetro para incluí-los no contexto do Arco do Futuro. A partir de agora, o desenvolvimento dos trabalhos terá duas fases de estudo. Uma conceitual, chamada de pré-viabilidade, e outra chamada de estudos detalhados (viabilidade), quando haverá um aprofundamento dos principais pontos do projeto. Somente após a conclusão de todas as etapas é que haverá definição das intervenções previstas na área. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, os estudos de viabilidade do projeto Arco Tietê, como parte do Arco do Futuro, buscam orientar o desenvolvimento urbano mais equilibrado da cidade de São Paulo do ponto de vista social, econômico e ambiental. “Os benefícios serão enormes, já que o Arco do Futuro é pensado como um sistema integrado. Implantado progressivamente, vai irradiar uma política articulada entre mobilidade, habitação, emprego, drenagem, áreas verdes e equipamentos públicos, entre outras. O Arco Tietê é o primeiro passo nessa direção“, informou a SMDU. Segundo a secretaria, o território que compõe o Arco Tietê é estratégico, já que ele se apresenta como espaço de intersecção de dois eixos estruturantes do desenvolvimento urbano da cidade de São Paulo: as operações urbanas consorciadas Diagonal Norte e Diagonal Sul, previstas pelo Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo e o território do Arco do Futuro.


NOVIDADES

NEWSLETTER

Receba nossas novidades!
   

ARQUIVOS












Maiores informações ou o esclarecimento de dúvidas poderão ser efetuadas através da

nossa página de contato ou pelo telefone
(11) 2632-1023

SETCESP • Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de São Paulo e Região

Rua Orlando Monteiro, nº 1 • CEP: 02121 021 • Vila Maria • São Paulo • SP
(11) 2632 - 1000 •
setcesp@setcesp.org.br