Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO JURIDICO
 


Moradores de Jacareí protestam contra a fiscalização de trânsito
27 de Março de 2014 - 11:51 horas / G1 Vale do Paraíba e Região

Dois moradores de Jacareí (SP) resolveram protestar contra a fiscalização de trânsito da cidade nesta terça-feira (25). Eles seguraram cartazes indicando que havia um radar na Avenida Presidente Castello Branco, no bairro Rio Abaixo. Segundo o empresário Wandemberg de Andrade, de 31 anos, a ideia surgiu há duas semanas depois que ele viu um agente de trânsito "se esconder" atrás de um poste para multar motoristas. A prefeitura informou que não orienta os agentes de trânsito a tomarem essa atitude e que, em casos como esse, o motorista deve tentar identificar o servidor e procurar a administração municipal.


"Eu estava subindo a Rua Tiradentes, tinha um marronzinho na esquina, ele estava escondido atrás de um poste olhando os carros e multando. Achei estranho ele estar escondido, fiquei indignado. Só a presença do marronzinho já inibe infrações", relatou. O irmão de Wandemberg, Weberton de Andrade, de 27 anos, fazia companhia na manifestação, porque também tinha motivos para reclamar.


O motorista disse que foi multado no bairro Jardim Flórida, quando passou no sinal amarelo. "Entrei com ação, fui indeferido no primeiro recurso. Depois de quatro meses, o diretor de trânsito chamou o agente e perguntou se ele multou meu carro. Ele disse que sim e indeferiu de novo. Como ele ia lembrar depois de quatro meses? Parece que os marronzinhos aplicam a multa de forma deliberada", afirmou.


O idealizador do protesto conta ainda que está percorrendo várias ruas da cidade para alertar os motoristas. Ele acompanha a lista de vias fiscalizadas pelo radar e vai até o local. Wandemberg diz respeitar a fiscalização. "Não sou contra a lei, sou contra a forma que a multa é aplicada. O sentido da multa está sendo só a questão financeira, não tem orientação, não quer melhorar o trânsito, só quer multar. Para onde vai o dinheiro? Quais melhorias são feitas?", questionou.


Os irmãos concordam que muitas pessoas incentivam o protesto. "Todos apoiaram sem exceção, alguns motoristas param, incentivam. Acaba gerando consciência no motorista. Nosso protesto não é só por fazer, ele tem o intuito de questionar. Se o objetivo do radar é fazer cumprir a lei, a placa também vai fazer o motorista reduzir a velocidade", finalizou Wandenberg.


Outro lado


Por meio de nota, a Prefeitura de Jacareí esclarece que orienta os motoristas semanalmente sobre os locais onde o radar estático está fazendo a fiscalização. A lista é disponibilizada no site da Prefeitura. As avenidas e ruas onde há fiscalização estão autorizadas e devidamente identificadas sobre os limites de velocidade.


A Diretoria de Trânsito alerta sobre a importância de respeitar os limites das vias para garantir a segurança de motoristas e pedestres. Sobre a reclamação do agente "se esconder", a administração municipal afirma que não orienta tal prática e que os motoristas podem denunciar situações assim, identificando o servidor e indo até a prefeitura.


Sobre o questionamento do morador com relação à arrecadação, a prefeitura justifica que de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, "a receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito será aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito”.


A Prefeitura de Jacareí esclarece ainda que quando há dúvida sobre a infração de trânsito, o motorista deve entrar em contato com o Protocolo de Recursos de Infrações de Trânsito, que fica na prefeitura, na Praça dos Três Poderes, 122,  no centro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3962-2839.




NOVIDADES

NEWSLETTER

Receba nossas novidades!
   

INFORMAÇÕES
















Maiores informações ou o esclarecimento de dúvidas poderão ser efetuadas através da

nossa página de contato ou pelo telefone
(11) 2632-1037
(11) 2632-1038
(11) 2632-1042

SETCESP • Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de São Paulo e Região

Rua Orlando Monteiro, nº 1 • CEP: 02121 021 • Vila Maria • São Paulo • SP
(11) 2632 - 1000 •
setcesp@setcesp.org.br