Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 


Índice ABCR registra alta de 1,6% em novembro
10 de Dezembro de 2018 - 15:19 horas / ABCR

O índice ABCR de atividade referente a novembro de 2018 apresentou elevação de 1,6% no comparativo com outubro, conforme os dados dessazonalizados. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

 

“A expansão do fluxo total foi resultado do crescimento de seus dois componentes, veículos leves e pesados, considerando a série livre dos efeitos sazonais”, explica Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria. “Mantida a métrica avaliada, o crescimento do fluxo de leves em outubro mais do que reverteu a perda do mês anterior (-1,1%). Dessa forma, o indicador apresentou resultado positivo em 5 das 6 últimas pesquisas, o que evidencia uma tendência de moderado crescimento. Contudo, os ganhos acumulados no período foram insuficientes para trazer o indicador a nível semelhante ao observado antes da paralisação dos caminhoneiros”, conta ele.

 

Ainda na comparação mensal dessazonalizada, o índice de fluxo pedagiado de veículos leves apresentou expansão de 2,6%, enquanto o de pesados elevou 0,6%, comparados a outubro.

 

“Em relação ao fluxo de veículos pesados, o indicador apresentou o segundo crescimento consecutivo, embora tais resultados não compensem a perda ocorrida em setembro (-1,5%). Os ganhos limitados dos últimos meses são consistentes com o atual desempenho da produção industrial, a qual tem sinalizado relativa perda de velocidade em seu processo de recuperação”, completa Xavier.

 

Índice ABCR Brasil

Período                                                            LEVES PESADOS TOTAL
Novembro/18 sobre Novembro/17                             -0.3%     0.6%    0.0%
Novembro/18 sobre Outubro/18 c/ ajuste sazonal          2.6%     0.6%    1.6%
Últimos doze meses                                             -2.1%     1.0%    -1.3%
Acumulado no ano (Jan-Nov/18 sobre Jan-Nov/17)       -2.6%    0.8%    -1.7%




NOVIDADES