Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 


Nota da CNT à imprensa
27 de Abril de 2017 - 05:22 horas / CNT

A aprovação da Reforma Trabalhista, que tramita no Congresso Nacional, é fundamental para modernizar as relações de trabalho e gerar mais empregos no Brasil. A Confederação Nacional do Transporte (CNT) considera que esta Reforma proporcionará segurança jurídica necessária para destravar a economia e, assim, atrair investimentos.

 

O país vem enfrentando uma de suas maiores crises econômicas que impacta diversos setores produtivos e afeta fortemente a qualidade de vida dos brasileiros. Temos hoje 13,5 milhões de desempregados e só no ano passado 16 mil empresas abriram pedido de falência.

 

É necessário implementar uma legislação trabalhista que acompanhe a evolução do mercado e da sociedade. Com a aprovação da Reforma, a CNT acredita que os direitos adquiridos dos trabalhadores serão garantidos e haverá oportunidades de novos postos de trabalho.

 

Na proposta da Reforma apresentada, a Confederação defende a valorização da negociação coletiva, maior liberdade às partes na contratação, terceirização da mão de obra, entre outras medidas. Assim, as relações de trabalho serão modernizadas, e o Brasil poderá deixar de ser recordista mundial de ações trabalhistas.

 

O presidente da CNT, Clésio Andrade, destaca que “o setor transportador e outros de intensa mão de obra empregam muito e sofrem mais as consequências de uma legislação arcaica, da década de 1940. Por isso, as mudanças são necessárias”.

 

O novo Brasil pede urgência nesta agenda.




NOVIDADES