Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 



NTC&Logística apresenta posicionamento sobre a Reforma Trabalhista
05 de Junho de 2017 - 01:48 horas / NTC&Logística

NTC&Logística e demais entidades do setor emitem comunicado apresentando seu posicionamento sobre a Reforma Trabalhista. Confira!

 

Reforma trabalhista – Porque apoiamos

1 – Vai dar segurança jurídica ao empregado e ao empregador nas relações de trabalho.

2 – Respeito aos direitos do trabalhador assegurados na Constituição Federal vedando sejam retirados por qualquer forma, incluída a negociação coletiva.

3 – Torna efetiva a norma constitucional que assegura o reconhecimento das convenções e acordos coletivos de trabalho, estabelecendo o respeito à autonomia da vontade das partes para celebrar acordos que devem ser observados e cumpridos em razão do princípio de que fazem lei entre as partes.

4 – Fortalece as entidades sindicais laborais e patronais pelo respeito à negociação coletiva.

5 – Flexibiliza as regras para a celebração do contrato de trabalho, cria novas formas de contratação (trabalho intermitente, de tempo parcial) proporcionando a formalização do trabalho (com carteira assinada) de expressivo contingente de trabalhadores informais e subcontratados.

6 – Moderniza as regras da jornada de trabalho em razão da peculiaridade da atividade da empresa permitindo ganho de produtividade e a geração de empregos.

7 – Cria regras que permitem ao empregador pagar melhor remuneração ao trabalhador em função da produtividade.

8 – Estabelece regras para prevenir e compor litígios evitando a judicialização de todo e qualquer dissídio decorrente do contrato de trabalho, dispondo sobre a rescisão amigável e assistida do contrato, a quitação dos direitos, formas de conciliação e solução extra judicial de pendências.

9 -  Estabelece regras para coibir abusos no acesso ao Judiciário Trabalhista, já existentes em outros rumos do judiciário.

10 – Cria regras mais rígidas e democráticas para a criação e modificação de súmulas do TST evitando o ativismo judicial.




NOVIDADES