Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 



NTC&Logística, FETCESP e SETCESP prestam homenagem ao Ministro Alexandre de Moraes
05 de Maio de 2017 - 05:50 horas / SETCESP/FETCESP e NTC&Logística

Na sexta-feira (5/5), a Associação Nacional do Transporte de Carga e Logística (NTC&Logística), a Federação das Empresas de Transporte de Carga de São Paulo (FETCESP) e o Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região (SETCESP) homenagearam o Ministro do Superior Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, em cerimônia fechada para representantes do setor de transporte de cargas e autoridades. A iniciativa foi um reconhecimento do setor ao Ministro pelo sucesso de sua trajetória política e também pela sua nomeação para a mais alta corte da Justiça Brasileira.

 

O Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, compareceu ao evento, assim como o Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho. Uniram-se a eles, para compor a mesa principal, o presidente da NTC&Logística, José Hélio Fernandes, o presidente da FETCESP, Flavio Benatti, e o presidente do SETCESP, Tayguara Helou.

 

Tayguara foi o primeiro a se pronunciar e iniciou seu discurso cumprimentando todos os presentes. “Não tenho palavras para expressar minha gratidão por vê-lo na Suprema Corte brasileira. O senhor que há muito tempo contribui com as bandeiras do setor, conhece nossas dificuldades e que sabe de nossa importância para o desenvolvimento econômico do país”, afirmou Tayguara. “Gostaria de desejar a você inteligência emocional nessa hora e espero poder olhar para trás daqui 30 anos e ver um Brasil sem crise e que respeita a ordem jurídica e as empresas que realmente querem trabalhar e dar o seu melhor”, concluiu.

 

Em seguida, foi a vez de Flavio Benatti deixar sua mensagem, agradecendo a presença do Governador Geraldo Alckmin e o apoio ao setor em todos os momentos. Ao homenageado, Benatti não poupou elogios a sua atuação, principalmente no período em que ocupou o cargo de Secretário de Segurança Pública de São Paulo. “Sempre esteve de portas abertas para o setor e nos ajudou muito com o grande problema que é o roubo de cargas. E quando saiu do Ministério da Justiça, nos deixou como legado a criação do Comitê Gestor da Política Nacional de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos e Cargas”, ressaltou Benatti, que disse ter certeza de que o Ministro terá muito sucesso em seu novo posto, tendo em vista tudo que já fez até hoje.

 

Na sequência, José Hélio Fernandes tomou a palavra, saudando o Ministro e o Governador. “Nós sabemos da sua luta contra o roubo de cargas e por onde passou sempre nos recebeu muito bem. Já brigamos muito, mas agora tudo ficou resolvido”, comentou de forma bem-humorada. “Ganhamos um Ministro competente que conhece o nosso setor. Essa é uma singela homenagem por essa história de parceria que vem sendo construída há alguns anos. Quando estiver junto com um transportador, saiba que está ao lado de um amigo”, concluiu José Hélio, desejando boa sorte ao Ministro e sucesso em seus novos desafios.

 

Geraldo Alckmin disse estar muito alegre em participar dessa homenagem e por estar de volta à casa do transporte de cargas, um setor vital para a economia brasileira. “Alexandre começou cedo na vida política e hoje está merecidamente no Supremo Tribunal Federal. Esse reconhecimento do setor ao trabalho dele é muito justo, diante de tudo que já foi feito”. O Governador relatou que havia acabado de sair de uma reunião com seis concessionárias, cujo o tema era o roubo de cargas e as medidas que todos deveriam tomar, em conjunto, para combater esse crime que tanto afeta o TRC.

 

O último a se pronunciar foi o homenageado do dia, o Ministro Alexandre de Moraes, que contou a todos os presentes como começou sua relação com o setor. “Nossa relação não começou muito bem, pois eu havia recém assumido a Secretaria dos Transportes da cidade de São Paulo e precisava fazer alguns ajustes para colocar tudo em ordem. Mas logo percebi que estava lidando com um setor responsável, correto e que queria melhores condições para exercer sua atividade.  Que, assim como todos os setores produtivos, só queria trabalhar”, compartilhou o Ministro. “O setor de transporte de carga é imprescindível para a economia do País. Eu acredito na relação do Poder Público com o setor Privado no que diz respeito a unir forças para buscar melhorias. Foram dessas conversas que surgiu minha amizade com o setor”.

 

Alexandre de Moraes afirmou ser uma bandeira dele no Supremo Tribunal Federal a segurança pública e jurídica e enalteceu o trabalho do Governo de São Paulo nessa área. “Quem mora em São Paulo não tem ideia do que acontece no restante do País com relação à segurança. Precisamos combater a burocracia e a corrupção, levando em consideração que não existe corrupção sem o corruptor”. O Ministro encerrou seu discurso dizendo que o transporte de carga é um setor modelo, que nunca o procurou por interesses pontuais, mas sempre pensando no coletivo. “Sinto-me muito honrado e agradeço a homenagem”, finalizou.

 

Em seguida, os três presidentes entregaram uma placa em homenagem ao Ministro e encerraram a cerimônia convidando a todos para um almoço no Palácio dos Transportes, onde o evento foi realizado. 

 

SOBRE ALEXANDRE DE MORAES
Alexandre de Moraes é graduado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco – Universidade de São Paulo, onde também obteve o Doutorado em Direito do Estado e a Livre-docência em Direito Constitucional. É Professor associado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde foi chefe do Departamento de Direito do Estado. Também exerce o magistério na Universidade Presbiteriana Mackenzie, na Escola Superior do Ministério Público de São Paulo e na Escola Paulista da Magistratura.

 

Aos 33 anos de idade, foi nomeado Secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, acumulando, também, a Presidência da Fundação CASA. Exerceu os cargos de Secretário Municipal de Transportes de São Paulo, juntamente com a Presidência CET e SPTrans e a titularidade da Secretaria Municipal de Serviços de São Paulo.

 

Em 2015, assumiu a Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo, tendo exercido as funções até sua posse no Ministério da Justiça. Como Secretário de Segurança Pública, obteve, pela primeira vez na história do Estado, a redução de todos os índices de criminalidade em relação ao ano anterior (2015/2014), e a menor taxa de homicídios por 100 mil habitantes, desde que os índices passaram a ser divulgados, há mais de 20 anos.

 

Em 22 de março de 2017, tomou posse no cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal, na vaga decorrente do falecimento do Ministro Teori Zavascki, após aprovação pelo Senado Federal e nomeação pelo Presidente da República.

 

Para baixar as fotos do evento, clique aqui.




NOVIDADES