Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 


PF deflagra nova fase para investigar obra de trecho do Rodoanel
31 de Janeiro de 2019 - 17:04 horas / DCI

Como parte de uma investigação sobre o trecho norte do Rodoanel, a Polícia Federal deflagrou a Operação Pedra no Caminho 2 e cumpriu ontem três mandados de busca e apreensão em São Paulo e um em Salvador em endereços relacionados à empreiteira OAS ou a ex-funcionários.

 

A ação faz parte das investigações sobre corrupção de servidores públicos pela empreiteira durante as obras. Os mandados foram expedidos pela 5ª Vara Criminal Federal de São Paulo. Nesta fase, a Pedra no Caminho investiga os crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e participação criminosa.

 

De acordo com a Polícia Federal, após a primeira fase da operação, documentos e depoimentos colhidos permitiram a identificação indícios de crimes diferentes daqueles que estavam sendo investigados inicialmente. Por conta disto, um novo inquérito policial foi aberto. Em nota, a companhia diz seguir “ à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários”. Eles ressaltam que seus atuais administradores e membros do conselho não são alvo de qualquer tipo de ação.

 

Fora das estradas

Dando continuidade ao plano de melhorar a infraestrutura logística do estado, o governador João Doria e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas assinaram nesta semana um protocolo de intenções para obras do trecho Norte do Ferroanel. A viabilidade da obra se dará com investimentos da União por meio da outorga de concessão ferroviária da MRS Logística. “Após 45 anos de debates, o Ferroanel, em São Paulo, com o apoio do governo federal vai se materializar”, disse Doria.

 

Em até 45 dias, o Governo Federal abrirá consulta pública a respeito do aditivo da concessão de ferrovia federal à MRS Logística por mais 30 anos. Esse aditivo garantirá outorga à União, que destinará exclusivamente ao transporte férreo.

 

O trecho Norte do Ferroanel terá 53 km e o investimento será de R$ 3,5 bilhões, com previsão de 67 milhões de toneladas de produtos movimentadas por ano, substituindo mais de 2,8 mil caminhões nas estradas.




NOVIDADES