Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 


Poluição: 20% dos veículos a diesel vistoriados pela Cetesb tinham problemas
09 de Abril de 2018 - 16:15 horas / Diário do Transporte

Pelo menos 20% dos veículos movidos a óleo diesel que foram vistoriados pela Cetesb no segundo semestre do ano passado nos trechos de rodovias já dentro dos limites da capital paulista apresentaram algum tipo de problema em relação às emissões de poluição.

 

É o que revela o balanço da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo de uma operação realizada entre julho e dezembro de 2017 para verificar os níveis de poluição emitidos pelas caminhonetes, vans, caminhões e ônibus.

 

O balanço, concluído no final de março deste ano, mostra ainda que os ônibus do sistema municipal de São Paulo têm operado dentro dos limites de poluição estabelecidos por leis federais e locais.

 

A Cetesb, utilizando dois carros com equipamentos próprios para verificação nos escapamentos, realizou 19 ações de fiscalização em 04 localizações diferentes nas rodovias e foi a 16 garagens de ônibus do subsistema estrutural da cidade de São Paulo, que corresponde às linhas com coletivos maiores que passam pela região central.

 

RODOVIAS:

De acordo com o relatório, nas rodovias, foram inspecionados 146 veículos, sendo que destes 29 foram reprovados na pré-inspeção, quando em uma análise preliminar, os técnicos já identificam problemas, antes mesmo da realização do teste da opacidade, o chamado teste da fumaça preta, que indica a presença de materiais particulados e enxofre, por exemplo. Neste caso, os técnicos emitem uma notificação de Desconformidade – NOTDES em nome do proprietário do veículo, seja empresa ou pessoa física.  O veículo notificado precisa ser regularizado e passar por uma avaliação da opacidade da fumaça por empresa cadastrada no Programa para a Melhoria da Manutenção de Veículos a Diesel em até 60 dias depois da notificação.

 

Segundo a Cetesb, dos veículos que passaram pela pré-inspeção, 109 foram aprovados e 8 foram reprovados por apresentar valor de opacidade acima do padrão legal.

 

Segundo o relatório, 1/5 dos veículos a diesel com problemas é licenciado em outros Estados.




NOVIDADES