Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 



Portaria define grupo de trabalho da SMT, SPTRANS e CET para redução de mortes no trânsito
28 de Março de 2018 - 15:51 horas / SPTrans

O secretário Municipal de Mobilidade e Transportes assinou nesta terça-feira (27), a portaria nº 081/2018 SMT, que determina a criação do grupo de trabalho para a implementação do Sistema de Gestão de Segurança Viária no âmbito dos gestores do trânsito e transporte da cidade de São Paulo.

 

O trabalho será desenvolvido por profissionais da São Paulo Transporte (SPTrans), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV) e do Departamento de Transportes Públicos (DTP). A assinatura ocorreu durante o Seminário ISO 39001, realizado na sede do Conselho Regional de Contabilidade.

 

De acordo com o Secretário, a portaria formaliza o compromisso da secretaria com a segurança no trânsito, com base na ABNT ISO 39001. Ainda durante o evento, o secretário ressaltou que as ações voltadas para a segurança viária são prioridade desta gestão. “Nós podemos fazer o sistema de ônibus mais moderno, a bilhetagem mais avançada; podemos fazer o semáforo mais bonito e mais moderno, mas se não reduzirmos o número de vítimas do trânsito, de nada terá valido o nosso trabalho. ”

 

Um grande passo para a redução de acidentes de trânsito, também anunciado pelo secretário, é o incentivo econômico que as empresas terão para diminuir anualmente em 4% o número de fatalidades. Isso está previsto no edital de licitação dos ônibus, cujo aviso de publicação estará no “Diário Oficial da Cidade de São Paulo” no próximo dia 7 de abril. “Queremos que os operadores de ônibus de São Paulo sejam os maiores aliados na redução de acidentes. Motorista de ônibus tem que ter comportamento exemplar”, salientou o Secretário.

 

O presidente da SPTrans destacou que a norma padroniza e fortalece as ações em campo, principalmente junto aos motoristas que transportam diariamente 10 milhões de passageiros. “Trabalhamos muito para a segurança do transporte. Evitar acidentes é nosso lema diário”.

 

O presidente da CET salientou que nenhuma morte no trânsito é aceitável e lembrou que os esforços coletivos da SMT, CET e SPTrans vêm surtindo efeitos na redução do número de mortes no trânsito em São Paulo de mais de 7 por 100 mil habitantes em 2016 para 6,5 mortos por 100 mil habitantes em 2017.

 

Ele também destacou o trabalho feito pelo Centro de Treinamento e Educação de Trânsito (Cetet). “Os programas de educação para o trânsito mostram a importância de se investir desde cedo nas crianças para que elas sejam condutores que já tragam esse conceito da Visão Zero na sua formação. Não tolerar o acidente, não tolerar a morte, mas ter uma atitude proativa, uma atitude de respeito“, afirmou o presidente.

 

Para a gerente de Desenvolvimento de Recursos Humanos da SPTrans a portaria vem normatizar ações que já vêm sendo feitas em conjunto com as operadoras. “Já estamos falando com as empresas sobre segurança há bastante tempo, inclusive com o programa Viagem Segura, o que vai facilitar para regulamentar a norma”, disse.

 

A Assessora de Dados e Índices Operacionais acrescentou que a SPTrans e as operadoras vão fazer o trabalho em parceria para fazer o mapeamento de risco e traçar os planos para solucionar o problema. “A norma converge com a política de segurança que a SPTrans já vem adotando”, afirmou.




NOVIDADES