Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 



Relatório executivo da Sinfra detalha obras realizadas em 3 anos
18 de Abril de 2018 - 15:17 horas / Sinfra

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) divulgou, nesta terça-feira (17), relatório executivo das ações realizadas em três anos de gestão. O trabalho minucioso destaca os grandes resultados apresentados à sociedade por meio do programa Pró Estradas, que concluiu 2.400 km de asfalto em rodovias estaduais, considerando as obras de construção (1.000 km) e de reconstrução (1.400 km).

 

Além do programa Pró-Estradas, o relatório também aborda outras ações da Sinfra, como as concessões de rodovias, da rodoviária de Cuiabá, do transporte intermunicipal, a distribuição do Fethab, as obras nos aeroportos, a manutenção de estradas não pavimentadas, parcerias internacionais e as futuras realizações do Pró-Concreto.

 

"Apesar de reconhecermos que temos muito a fazer ainda, porque um passado de abandono não se muda da noite para o dia, não podemos deixar de destacar os excelentes números que o governo Pedro Taques atingiu até agora. Ao todo, em três anos, o Estado de Mato Grosso avançou com 2.400 km de rodovias. E faremos mais estradas em 2018. Isso sem falar nas não pavimentadas que tiveram enorme aporte a partir das patrulhas em parceira com associações/consórcios e o Fethab para as prefeituras. Todo esse trabalho melhorou nossa em relação a outros estados brasileiros", explicou o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte.

 

Em três anos a logística de Mato Grosso avançou e os resultados obtidos com o programa Pró-Estradas elevaram a posição do Estado no cenário nacional. Mato Grosso deixou a última posição do ranking da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), ocupada no final de 2014, e subiu para o 3º lugar do país e 1º do Centro-Oeste com o maior índice de rodovias estaduais consideradas ótimas e boas, conforme apontou pesquisa.

 

Uma segunda pesquisa de credibilidade confirma que Mato Grosso tem evoluído significativamente quando o assunto são as rodovias. Na área de infraestrutura rodoviária, Mato Grosso saiu da 23º lugar para o 8º no Ranking de Competitividade dos Estados, um levantamento anual realizado pelo Centro de Liderança Pública (CPL).

 

Mato Grosso possui uma malha rodoviária de 28 mil km, destes pouco mais de 6 mil km são pavimentadas. Para garantir a trafegabilidade nas estradas não pavimentadas, a Sinfra repassou durante estes 3 anos R$ 667 milhões em recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para as 141 prefeituras, conforme está na publicação do relatório. Estes valores foram utilizados para manutenção e cascalhamento das rodovias, além de reparo ou construção de pontes de até 12 metros.

 

O relatório mostra a distribuição das 23 patrulhas mecanizadas, que são conjuntos de maquinários pesados para manutenção, utilizados em parecerias entre a Sinfra e Associações. Em 2014, apenas 20% das rodovias eram trafegáveis, hoje são mais de 90%. Somente em 2017 a Sinfra realizou a manutenção e a conservação direta de mais de 7 mil km de rodovias não pavimentadas.

 

Outro assunto abordado é o programa Pró-Concreto, que é o maior programa de substituição de pontes de madeira por de concreto. Em 2018 serão construídas mais de 61 pontes, com investimentos de R$ 251 milhões. Entre as pontes estão, a ponte sobre o rio Vermelho, em Rondonópolis, e a ponte que ligará a região do Parque Atalaia, em Cuiabá, à região do Aeroporto, em Várzea Grande.

 

O Pró-Estradas Concessões: Programa de Parcerias com o Setor Privado para Investimentos na Logística de Mato Grosso, também está dentro do relatório. Em fevereiro foram leiloados dois primeiros lotes na Bolsa de Valores de São Paulo, que abrangem a concessão de 300 km de rodovias nas regiões de Alta Floresta e Alto Araguaia.




NOVIDADES