Quem Somos | Comercial | Diretoria Adjunta | Mantenedores |  Parcerias  | Agenda do Presidente | Imprensa | Contato | Editorial |
HOME | NÚCLEO OPERACIONAL
 


Viaduto da BR-101 Sul/SC recebe sinalização para limite de altura
03 de Fevereiro de 2017 - 04:17 horas / DNIT

O DNIT/SC vem reforçando a sinalização rodoviária na Transposição do Morro do Formigão, entre o km 337 ao km 339,5 da BR-101 Sul catarinense, desde a liberação do túnel no maciço rochoso, feita em 2015. De lá para cá, o segmento já recebeu mais placas, semipórtico, painéis, pintura de faixas e sinalização refletiva. Agora, a autarquia acrescente sinalização de advertência quanto à altura do viaduto construído para acesso ao Sertão dos Corrêas, no km 339. As placas são necessárias para alerta aos transportadores de carga e passageiros quanto às dimensões da passagem, para que a manobra de acesso ou retorno seja feita de forma correta, sem danos para a estrutura.

 

O viaduto tem 16 metros de largura sobre a pista, 14 metros de largura no vão inferior, 4,5 metros de altura no centro. Ele é menor que os outros viadutos da travessia urbana de Tubarão, que têm em média cinco metros e meio entre as pistas e as passagens, mas tem dimensões suficientes para abrigar o limite de altura para cargas transportadas, definido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que é de 4,40 metros. Acima desta medida, o transportador deve retirar junto ao DNIT autorização para o translado.

 

Em todos os viadutos, vãos de pontes onde há pavimento e passarelas construídos na duplicação da BR-101 Sul, no trecho catarinense, a altura máxima entre a pista e a estrutura das obras de arte especiais (OAEs) está fixada entre 4,5 metros 5,5 metros. Todas as edificações de grande porte receberam sinalização vertical com indicação de altura máxima, sendo na própria estrutura ou no acesso a ela.

 

O DNIT/SC trabalha na manutenção e conservação desse tipo de sinalização, para evitar problemas aos transportadores de carga e passageiros. Ao descartar a altura máxima das estruturas em relação à dimensão da carga transportada, o motorista está pondo em risco a integridade física do veículo, do material transportado bem como da estrutura construída. Além disso, esta atitude está passível de multa retenção do veículo para regularização.

 

Na BR-101 Sul, entre os municípios de Imbituba a Passo de Torres há 28 estruturas que cruzam as pistas, sendo sete viadutos e 21 passarelas, assim dispostas:

 

Viaduto simples de acesso a Garopaba – km 273
Passarelas no km 326, 334 e 336, em Capivari de Baixo e Tubarão;
Viaduto simples de acesso a Sangão – km 358
Passarela – km 359
Passarela – km 371
Passarela – km 378
Viaduto duplo de acesso a Vila Nova – km 380
Passarela – km 384
Viaduto duplo de interseção Criciúma/Centro – km 391
Passarela – km 391,7
Passarela – km 403
Viaduto de acesso ao bairro Operária – km 414
Viaduto de interseção BR-101/Araranguá – km 416,5
Passarelas no km 417,8, km 420 e km 436
Viaduto simples de acesso ao Cemitério – km 437
Passarela – km 417, km 422, km 424, km 438, km 441, km 444, km 447, km 447,5 e km 454 

 

No trecho ainda há outros 61 pontos em que é possível realizar a manobra de retorno sob viadutos.




NOVIDADES